Instamês: Outubro!

Continuando no espírito blog-diário, pensei em colocar aqui um resumão do que aconteceu no final de cada mês. E antes que eu esqueça completamente, já na metade de Novembro, aqui está o meu Outubro! ahaha Em agosto a revista onde eu trabalho passou por um completo makeover, então começamos o mês com uma reunião com o designer pra discutir o que funcionou, o que precisa ser mudado etc.. E a reunião foi no Shoreditch House, um clube fechado com bares, restaurantes, piscina e onde muuuuitos freelancers vão passar o dia trabalhando ou encontrar com clientes. É um ambiente incrível, eu bem queria ser amiga de algum membro pra experimentar a piscina no rooftop :-)

No primeiro final de semana os pais de Nic vieram nos visitar e trouxeram a vó dele pra dar uma voltinha por Londres. Foi a primeira vez dela na cidade mas como eles não queriam andar demais, o programa do dia foi basicamente almoçar no May Fair Kitchen, encontrar com um amigo nosso também por lá e depois pegar um daqueles ônibus turísticos caríssimos pra “circular pela cidade até a hora do trem”.. Só que estava um trânsito péssimo e acabamos descendo já na Torre de Londres, e depois já estava na hora de ir pra estação – até agora tô pra morrer com o dinheiro que eles gastaram no que foi basicamente uma corrida de táxi mega inflacionada.

oct14

Também foi em outubro que as árvores começaram a mudar pra valer, e a paisagem passou a ter um colorido diferente a cada dia (e está mais incrível ainda agora, mas grande parte das folhas já se foram..). E encontrei Karine pra um café, finalmente conheci uma brasileira aqui que também é do nordeste! ahaha já não sou a única com o sotaque característico, e ela ainda por cima é a pessoa que mais comenta aqui no blog <3

Finalmente fui conhecer Paris de verdade em outubro, Nic queria assistir a uma conferência na cidade e eu aproveitei pra tirar um dia de folga e emendar o final de semana por lá. Vou detalhar o que fizemos por lá, mas a impressão de que Paris é uma cidade legal, mas que não merece todo o hype, infelizmente permanece. Principalmente quando voltamos pra Londres e somos tão bem atendidos em todos os restaurantes e lojas e, sinceramente, as pessoas parecem ser mais genuinamente gentis.

oct14_2

E teve o evento mais esperado do mês (eita pessoa gorda ahahauahha): menu tasting! Vai ter um evento da revista agora em novembro e fui com a chefes experimentar as opções do cardápio e escolher o que vai ser servido na noite no Cumberland Hotel.. É somente a segunda vez que participo mas já virou uma data a ser esperada no ano ahaha! 3 entradas, 4 pratos principais e 3 sobremesas depois, por sorte todos os meus favoritos foram escolhidos e agora MAL ESPERO pra comer tudo de novo dia 20.

IMG_1747

E o filme mais interessante que assistimos em outubro, e na verdade em um bom tempo, Citizen Four! O filme mostra os bastidores da divulgação dos documentos vazados por Edward Snowden, com entrevistas com o próprio e como foi todo o processo com os jornalistas, a pressão do governo etc. Assistimos ao filme na premiere britânica que aconteceu durante o London Film Festival, e o filme é o ultimo de uma trilogia de Laura Poitras (é ela na foto, participando pelo Skype porque vir ao Reino Unido não seria muito seguro) que retrata o mundo pós 11/09.

oct14_3

O final do mês trouxe abóboras por todos os lados e um monte de eventos do trabalho: press days de marcas de lingerie, moda praia, coquetel de lançamento de marca e esse tipo de coisa. Sair do escritório, ver coisas bonitas e circular falando com pessoas definitivamente é a parte mais legal do trabalho, que no dia a dia é meio sem graça já que somos um time bem pequeno e passo o dia no computador.. Eu só falto morrer quando vou num press day específico, porque a agência tem coelhinhos no showroom! Admito que 90% do tempo lá eu passei apertando essa fofura, claro, e pensando em táticas pra convencer Nic a ignorar a proibição do landlord e me deixar adotar um coelho.

RELATED POSTS

  • Rá!!!!!! Eu sou a maior “comentadeira” do blog!!! Uhhuuu
    Caiu até uma lágrima de emoção aqui por ter sido citada… :’-) #alouca
    Ah! E eu achei outro café legalzim pra gente ir, aliás dois!! Chop, chop! Precisamos agendar!! Xx

    • Thaís

      Siiimmm, vou te mandar msg pra a gente marcar! E o jantar com os boys tambem, que ta demorando demais ahauhuah :D Bjsss

  • Marina

    Olá Thaís, sei que você foi pra Londres e passou pela experiência do estágio há um bom tempo mas sou obrigada a comentar heheh Estou praticamente na mesma situação que você, eu estou aqui no Brasil e meu namorado está em Londres. Sou designer e conheci o projeto The Intern Group pelo teu blog, tenho muita vontade de morar em Londres mas ainda tenho algumas dúvidas sobre o programa: Em que momento você comentou com eles que não iria precisar da hospedagem? Quando tempo demorou entre a entrevista e todos os documentos ficarem prontos? Valeu a pena fazer o programa, farias algo diferente? Você trabalhou em outro lugar nesse período? é fácil conseguir esse segundo emprego? é comum ser efetivado ou é algo difícil de acontecer? Se você puder me responder seria ótimo pois já estudei as outras opções e realmente é bem difícil se mudar pra lá! Beijo

    • Thaís

      Oi, Marina! É bem complicado mesmo, e mesmo no pouco tempo que estou aqui já percebo como ficou ainda mais difícil conseguir se mudar pra Inglaterra. Algumas pessoas me procuram no facebook pra saber se tenho alguma dica de insider, mas na verdade tudo que sei é o que escrevi no post mesmo :/
      Mas respondendo às tuas perguntas: eu comentei que iria morar com ele depois de ser aceita no programa, antes de pagar, pra não tentarem me empurrar um pacote que não era o que eu precisava; os documentos da parte do Intern Group foram rápidos, coisa de 10 dias, o que demorou foi todo o processo com a Bunac, enviar meus documentos pelo correio, receber o código, dar entrada no visto etc; não faria nada diferente, mas não vou subir no salto e bancar A poderosa porque sei que o resultado positivo foi parte esforço e parte sorte – ser contratada depois de um programa desses é BEM dificil de acontecer, precisa estar no lugar certo, na hora certa e com as pessoas certas; não trabalhei em outro lugar no período (e o visto não permitiria).
      Infelizmente está cada dia mais dificil vir pra cá, as empresas não querem se dar ao trabalho de passar por tooooodo processo de contratar um estrangeiro que nem direito a trabalho no UK tem. Entao aconselho sim a fazer o programa, mas principalmente por ser uma experiência maravilhosa e pode te dar um diferencial, mas não venha contando com a chance de ficar porque ela é bem mínima, infelizmente.
      Mas vou torcer por vc! Ja estive no teu lugar e sei como é angustiante.. Espero que voces arrumem um jeito! :) Bjs

      • Marina

        Muito obrigada, mesmo!!! :)