Off To St Albans

Desde que me mudei para Londres, todos os anos tento planejar uma viagem em dezembro para conhecer algum mercado de natal aqui pela Europa. Esse ano por causa das despesas e dias de férias reservados pro casamento não deu… Então quando as meninas sugeriram fazer o último #OffTo de 2016 em St Albans eu fiquei animada, sabia que lá tinha um mercadinho de natal e o salsichão do final de semana estava garantido! Acabamos passando poucas horas na cidade e só deu pra visitar a catedral, um pub e o mercado, pequenininho mas muito charmoso.

St Albans

A cidade histórica de St Albans fica a pouco mais de 30km de Londres e na época da ocupação romana chegou a ser a segunda maior vila do território, perdendo apenas para Londinium (que depois virou Londres). Verulamium, como era chamada no século III, passou a se chamar St. Albans por causa do primeiro mártir britânico, Santo Albano, que se converteu ao catolicismo e por isso foi condenado à morte. Conta a história que ele se ofereceu no lugar do padre que o tinha apresentado ao cristianismo, e seu túmulo virou local de peregrinação.

Uma igreja foi construída no local, mas como quase tudo dessa época foi destruído, saqueado, incendiado e reconstruído ao longo dos séculos, não se sabe muito bem o que aconteceu. Mas sabe-se que uma abadia e um mosteiro beneditino foram construídos no mesmo lugar no século VIII, e é a partir dessa estrutura que a atual catedral de St Albans foi erguida. Algumas invasões e reformas depois, a maior parte da estrutura da catedral data do século XI, com características normandas, mas ela na verdade é uma colcha de retalhos de diferentes estilos arquitetônicos: gótico, vitoriano, normando, românico…

St AlbansSt Albansst-albans-16

Essa mistura fica bem clara na nave principal da catedral, onde de um lado os arcos são normandos e datam de 1077 e do outro foram construídos no estilo gótico inglês em 1200. Assim como no nosso passeio a Winchester e Canterbury, fizemos um tour guiado da Catedral de St Albans – nosso guia explicou que essa diversidade de estilos acontecia porque quando uma parte precisava ser reparada, preferiam reconstruir na estética atual em vez de manter-se fiel ao estilo original.

O resultado é uma igreja que conta com suas paredes, arcos e vitrais a história de séculos de arquitetura, e em alguns pilares dá até para ver as pinturas que no século XII cobriam as paredes da catedral.

St Albans St Albans

Clique para salvar no Pinterest!

Todos esses séculos de história garantiram à Catedral de St Albans o título de “local mais antigo de culto cristão contínuo na Grã-Bretanha”, e a igreja sobreviveu à Dissolução dos Mosteiros em 1539 (embora danificada e com o relicário de Santo Albano totalmente destruído), quando a Inglaterra rompeu com o catolicismo e Henrique VIII mandou saquear todos os mosteiros. As pinturas nas paredes foram escondidas com cal e só foram redescobertas no século XIX, e o relicário, que tinha sido quebrado em mais de 2000 pedacinhos (!!!) só foi completamente restaurado e re-consagrado em 1993.

A história da catedral continua a ser escrita nos dias de hoje – em 2002 St Albans recebeu de presente de Colônia, na Alemanha, um osso que acreditam ser do próprio Santo Albano, e em 2015 um novo mural com sete estátuas de mártires de outras denominações cristãs foi instalada na nave principal. Nosso guia inclusive falou que apesar de ser oficialmente uma igreja anglicana, na Catedral de St Albans também são realizadas missas católicas, luteranas e ortodoxas.

St Albans St Albans

Outras curiosidades sobre a catedral e antiga Abadia de St Albans: é a única igreja na Inglaterra que ainda possui uma torre do século XI de pé; acredita-se que foi na abadia que, durante a idade média, o primeiro rascunho da Magna Carta foi escrito, e a história que achei mais interessante – um rapaz chamado Nicholas Breakspear queria começar seus estudos no mosteiro mas teve seu pedido negado porque não o acharam lá muito inteligente…

Ele foi aceito numa abadia na França, fez carreira como sacerdote/abade/cardeal/bispo e algumas décadas depois foi eleito Papa Adriano IV, o único papa inglês na história da igreja católica. Nada mal pra alguém que foi rejeitado na abadia da sua própria cidade, hein?!

St AlbansSt Albans

Recomendo fazer o tour guiado pela catedral, é gratuito e dá até para escolher um guia que fala português! Passamos cerca de 1h andando pelas diferentes capelas e ouvindo histórias da catedral, e quando o tour acabou estava na hora de dar mais uma passada no mercado de natal que fica muito bem posicionado, logo em frente da catedral :-)

St AlbansSt Albans

Apesar de pequeno o mercado é uma gracinha, cheio de chalés decorados vendendo artesanato, guirlandas, comidas, enfeites de natal e presentes, e ainda tinha um tipi com atividades pra crianças, música ao vivo e apresentações de corais natalinos. Se você estiver por St Albans em dezembro vale muito a pena se esquentar lá no mercado de natal com um vinho quente, uma porção de castanhas assadas ou a minha escolha, waffles com calda de caramelo!

E se depois do tour pela catedral, compras e comilança no mercado de natal você ainda tiver energia pra passear, vale visitar o centrinho da cidade. Casas tipicamente inglesas, pubs, lojinhas, restaurantes e todo aquele charme as pequenas cidades inglesas tem de sobra!

St Albans St Albans

O projeto Off To já passou pelas cidades de Winchester e Canterbury e é feito em parceria com a Helo, Liliana e Karine. Clique para ver as fotos que postamos em tempo real na hashtag #OffToStAlbans e deixe um comentário dizendo quais cidades inglesas você gostaria de ver com a gente!

RELATED POSTS