O que fazer em Nice – 3 dias na Côte d’Azur

Nesses 6 anos morando na Europa e tendo o privilégio de conhecer cidades e países diferentes, algumas viagens acabam marcando mais que outras, seja por causa de um destino que surpreendeu, seja porque o clima estava uma delícia ou porque a companhia era boa… Pra minha felicidade, tudo isso e muito mais fez com que a nossa primeira viagem #OffTogether em parceria com a ATO Tours fosse inesquecível.

Grupo em frente ao letreiro "I Love Nice"
Tour de l'Horloge, Nice, França
Praia e guarda sol em Nice, França

E como o título do post já entrega, sim, Nice foi o destino escolhido a dedo por mim, pela Helo e pela Karine para inaugurar o nosso projeto de viagens em grupo! Passamos um final de semana espetacular curtindo as atrações de Nice com oito leitoras e foi o jeito perfeito de dizer adeus pro verão… O mais louco é que, assim como na viagem que fizemos para Brno, as meninas só ficaram sabendo pra onde estavam viajando quando chegaram no aeroporto. E quem não gostaria de descobrir em plena manhã de sexta-feira que estava prestes a embarcar para a Côte d’Azur, um dos lugares mais lindos da França?! ;)

A maior surpresa da viagem foi como o grupo se deu bem (confesso que essa era uma preocupação nossa, já que organizamos uma uma viagem para pessoas que não se conheciam), logo no segundo dia parecia que todas eram amigas há anos. Foram três dias de passeios pela praia, vistas de tirar o fôlego, garimpos nas lojinhas no centro histórico, comida tradicional, visitas a museus e igrejas, piadas internas, bons drinks e muitas, muitas risadas.

Mas sem mais delongas, aqui estão os meus 5 highlights de Nice!

Promenade des Anglais

Não tem jeito, quando um grupo de brasileiras expatriadas chega numa cidade como Nice, a primeira parada tem que ser na praia! A Promenade des Anglais é a atração mais popular de Nice, onde turistas e locais podem encontrar restaurantes, bares, beach clubs, os melhores hotéis da cidade, opções de entretenimento como cassino, baladas e muito mais. O calçadão tem esse nome porque começou como um projeto da aristocracia britânica, que desde o século XVIII frequenta a cidade, e o nome “passeio dos ingleses” se mantêm até hoje.

A qualquer hora do dia e da noite sempre vai ter gente pedalando, patinando ou caminhando no calçadão, aproveitando a brisa do mar e, durante o dia, pegando um bronze perto da água. E o tempo estava tão bom no final de setembro, com dias de céu azul e um calor tão gostoso, que não resistimos passar uma boa parte do domingo fazendo nada na praia… Quer dizer, fazendo coisas muito importantes: conversando, comendo, bebendo e nadando no Mediterrâneo :-)

Grupo na Promenade des Anglais
Hotel Negresco
Espreguiçadeira e guarda sol no beach club em Nice
Salada caprese e drink
Praia em Nice, França

A principal diferença é que, apesar de pública, em Nice as praias são de pedra, então levar uma canga e passar horas deitada curtindo o sol não é a coisa mais confortável do mundo… Pra quem quer ter uma experiência mais tranquila existem os beach clubs, restaurantes na beira mar com toda uma estrutura que inclui espreguiçadeiras, guarda sol e banheiro com chuveiros, além de comida e bebida. Escolhemos ficar no Le Voilier Plage, onde além da opção das espreguiçadeiras individuais (a partir de €16) também oferecem camas para 3 pessoas (€60). Eu só recomendo reservar com antecedência, nos dias de calor os beach clubs ficam lotados!

Centro histórico (Vieille Ville)

Mas o lugar que mais me surpreendeu em Nice foi a parte antiga da cidade. É lá onde dá pra ver mais facilmente a influência italiana na arquitetura (Nice tornou-se uma cidade francesa apenas em 1860) e os becos escondem casinhas coloridas com roupas penduradas no varal, igrejas lindas como a Cathédrale Sainte-Réparate, Chapelle de la Miséricorde e Église Saint-Jacques-le-Majeur, além de praças e mercados.

Mercado de flores e frutas em Nice
Place Rossetti em Nice
Sabonetes artesanais no mercado de Nice
Mercado na Place du Palais de Justice em Nice
Place Massena

O mercado de flores, frutas e artesanato da Cours Saleya é o mais conhecido de Nice, mas perto do Palácio de Justiça também tem um mercado bem variado aos sábados. Recomendo visitar o mercado da Cours Saleya de manhã cedo, aproveitar pra explorar as vielas da cidade antiga, tirar muitas fotos da arquitetura colorida, almoçar num restaurante tradicional (no mercado também dá pra experimentar a socca, um tipo de crepe de massa de grão de bico típico da cidade)e depois curtir a tarde na praia.

Outro ponto importante da Vieille Ville é a Place Masséna, a maior praça da cidade e também a mais inusitada. As esculturas contemporâneas do artista catalão Jaume Plensa roubam a cena: são sete figuras representando os sete continentes, contrastando com a arquitetura dos prédios antigos e da Fontaine du Soleil. A Place Masséna também abriga muitos cafés, restaurantes e lojas, incluindo uma Galeries Lafayette gigante.

Pôr do sol na Colina do Castelo (Colline du Chatêau)

Nosso piquenique na Colline du Chatêau foi um dos pontos altos do final de semana – tem coisa melhor do que comprar uns vinhos e ver o sol se pôr batendo papo com as amigas?! As vistas da colina são de tirar o fôlego e é impossível não parar mil vezes durante a subida pra fotografar diferentes ângulos da paisagem…

Pôr do sol na Colline du Chatêau em Nice
Cachoeira na Colline du Chatêau em Nice
Colline du Chatêau em Nice
Baie des Anges em Nice, França - #OffTogether - Sete Mil Km
Colline du Chatêau em Nice
Grupo na Colline du Chatêau
Pôr do sol na Colline du Chatêau em Nice

A colina foi ocupada desde o tempo dos celtas e tem esse nome por causa do castelo que ficava lá até o século XVIII. Hoje em dia não tem castelo, mas tem essa vista belíssima da baía e uma cachoeira artificial que ajuda a dar uma refrescada quando o dia está muito quente ;)

Passeio de barco pela Côte d’Azur

Embora Nice tenha sol praticamente o ano todo (um sonho pra mim que moro em Londres! haha) eu recomendo visitar a cidade entre abril e outubro, quando as temperaturas estão mais altas e dá pra fazer o passeio que mais curtimos em Nice: andar de barco! Fizemos o tour pela baía com a Trans Côte d’Azur e saímos do barco ainda mais encantadas pela cidade depois de vê-la do mar.

O tour guiado no catamarã dura 1h e começa contornando o Cap de Nice, Cap Ferrat e Villefranche-Sur-Mer, antes de voltar pra Baía dos Anjos e nos dar essa vista espetacular da Promenade des Anglais. Tudo isso acompanhado de uma bebida gelada, comentários do guia sobre a história de Nice e, como não dá pra negar a fama da Côte d’Azur com as celebridades, observações sobre qual famoso mora em tal casa, quanto custou tal mansão etc.

Villefranche-sur-Mer
Porto de Nice
Grupo no passeio de barco
Passeio de barco em Nice
Passeio de barco em Nice

O coastal tour custa €18,50 e acontece duas vezes por dia de terça a domingo, mas se voce quiser fazer um passeio diferente, a Trans Côte D’Azur também faz tours de um dia inteiro e transfers para Mônaco, Cannes e St. Tropez.  Antes ou depois do tour também vale a pena conhecer os arredores do porto de Nice, um dos mais populares da Europa e onde ficam iates luxuosos, restaurantes e bares.

Museus

Para quem não dispensa um programa cultural, Nice tem mais de 15 museus pra todas as preferências artísticas. Tem artefatos romanos, pinturas clássicas do século XV, arte moderna, arte e música do século XVII, antigas residências transformadas em museus, como o Musée Masséna e o Palais Lascaris, além de museus dedicados a mestres como Henri Matisse e Marc Chagall… Como a vontade de cair no mar estava grande demais visitamos apenas o Musée Matisse, um dos pintores mais famosos da França.

Musée Matisse em Nice
Musée Matisse em Nice
Musée Matisse em Nice

O Musée Matisse fica na antiga casa do pintor e abriga uma coleção de objetos pessoais, rascunhos, esculturas e obras finalizadas, que mostram a evolução das técnicas do artista. Tanto o Musée Matisse, o Musée Masséna, o Musée National Marc Chagall, o Museu de Belas Artes e o Palais Lascaris podem ser visitados gratuitamente com o French Riviera Pass, uma boa opção pra quem vai passar mais tempo explorando Nice e as cidades vizinhas.

Bônus: passeios pela Riviera Francesa

E se você tem tempo sobrando, por que não visitar uma outra cidade da Côte d’Azur? O bate e volta mais comum é o principado de Mônaco (fica a apenas 25 minutos de trem!), mas outros destinos como Cannes, St Tropez, Èze e Menton também são ótimas opções. Como focamos em conhecer Nice e curtir o clima de praia não deu tempo de visitar outras cidades – já tenho a desculpa perfeita pra voltar pra riviera francesa ;)

Brinde no rooftop em Nice
Rooftop do Hotel Monsigny

Algumas opções de hotel em Nice



Booking.com

Onde comer em Nice

Nice tem tantos restaurantes, cafés e bares legais que ficou até difícil escolher onde levar nosso grupo, mas vou deixar aqui algumas sugestões de restaurantes em diferentes partes da cidade. Ah, não deixe de experimentar os pratos típicos de Nice, como socca, pissaladière e a salada niçoise.

  • Onde comer na Vieille Ville: La Vigna, Lou Pistou, Citrus, Acchiardo, Chez Thérésa, Oliviera, Les Garçons, Le Petit Lascaris, La Tartinerie, Al Taglio, Café Marché, Bistrot d’Antoine, La Rossettisserie, Côté Marais e uma pausa pro sorvete na Fenocchio (mas preciso confessar que preferi o sorvete da Arlequin, uma sorveteria pequena perto do nosso hotel);
  • Promenade des Anglais e imediações: Le 11ème Art, La Terrasse, Coco et Rico, La Pizza Cresci e Le Bistroy, com menção honrosa ao programa clássico que é tomar uns drinks no bar do Hotel Negresco;
  • Porto de Nice e imediações: Chez Pipo (falam que é o melhor lugar para comer socca em Nice), Les Amoureux, La Vigna, Le Neuf Cinquante, Badaboom e Chez Fabien.
Bar do Hotel Negresco

Bar do Hotel Negresco

Antes de terminar o post queria agradecer à ATO Tours por acreditar no nosso projeto e nos ajudar a organizar a viagem, à França Entre Amigos, que facilitou demais a nossa vida fazendo o transfer do aeroporto e ao Nice Tourisme por conceder o French Riviera Pass. Mas principalmente queria agradecer ao nosso primeiro grupo #OffTogether – Adriane, Debora, Flavia, Mayra, Patricia Silva, Patricia Vassib, Rafaela e Samantha, muito obrigada por topar essa aventura com a gente e por ter feito essa viagem exceder todas as nossas expectativas!

Grupo em Nice

Estou bem ansiosa pra ver o que 2019 vai trazer, quem sabe não temos mais viagens #OffTogether pra gente se conhecer e passear mundo afora?! ;)

RELATED POSTS