Bélgica: feriadão e churrasco gringo

Além do céu azul, do feijão com arroz e das roupinhas lavadas e passadas esperando por mim no guarda-roupa (aff essa vida de dona de casa não é coisa de deus! ahaha), de vez em quando bate uma saudaaade dos feriados no Brasil.. Aqui temos apenas 8 feriados públicos – chamados de bank holidays – isso já incluindo o primeiro dia do ano, natal e todas essas datas básicas que geralmente são feriado em todo lugar. Comparando com o Brasil, onde a média é de 10 feriados por ano dependendo do estado em que você mora + os dias extras que costumamos  “imprensar” quando o feriado cai na quinta ou na terça, a impressão que dá é que se não aproveitarmos um bank holiday pra fazer algo diferente, o próximo vai levar uma vida pra chegar!

Então meio que de última hora compramos passagens no Eurostar pra visitar os pais de Nic na Bélgica no final de agosto, e passar 3 merecidos dias de muita preguiça e paparicos por lá.. Fomos iludidos pela promessa de temperaturas altas e seduzidos pela ideia de preguiçar na piscina, mas quem disse que fez sol?! Os comentários “nossa, mas que azar, ontem mesmo tava 28 graus..” não ajudaram em nada ahaha

Sogra que acerta o meu nome e erra o do namorado x)

Meus sogros moram numa vila bem pequena chamada Les Wallefes, que junto com mais 4 vilas forma o munícipio de Faîmes – sim, é uma coisa bem interiorana-plantações-e-silêncio-na-rua mesmo, adoro! A maior cidade nas redondezas é Liège, mas pra ser sincera ainda não explorei a cidade como deveria.. Por ser pertinho e por saber que voltaremos ao país muitas e muitas vezes, preferimos apenas descansar MUITO e aproveitar os benefícios de estar na casa dos pais (alô alô café da manhã farto e passar o dia inteiro de pantufas!).

O ponto alto do final de semana seria um churrasco, que eu só descobri uns dias antes que seria no sábado à noite. Não entendi muito bem a lógica de um churrasco à noite – hã? pra depois todo mundo ficar morrendo com tanta comida sem conseguir dormir? -, mas só depois do ocorrido é que percebi que o tal churrasco nada mais era do que um jantar com a presença de uma churrasqueira, o que não necessariamente resulta num churrasco, assim, brasileiristicamente falando. Então a noite foi repleta de espetinhos, lingüiças, saladas, batata, queijo e outros petisquinhos – estava tudo uma delícia, mas confesso que deu saudade de um pedação de picanha, maminha e umas tirinhas de pão de alho no meu prato #dramas :P

Perfect timing pra um photobomb ahaha

E descobri que gosto da cerveja belga de pêssego! <3

Ainda aproveitei pra conhecer os cachorros da família e apertar demais, uma coisa assim meio Felícia heheh

A próxima visita à Bélgica vai ser no final do ano, com a participação especial do meu irmão, e aí vamos ver se finalmente fazemos alguma coisa turística por lá, né? xD

RELATED POSTS