Luzern

Claro que estando na Suíça, não podíamos perder a oportunidade de pegar um trem rumo aos Alpes, né? A cidade escolhida já estava definida assim que optamos por conhecer Zurique: Luzern, que fica a apenas 45 minutos de trem* e pertinho do Monte Pilatus. O dia não estava dos mais bonitos, mas ainda assim o trajeto do trem foi deslumbrante, me deu muita vontade de explorar mais a Europa assim..

DSC_0015DSC_0036

Luzern é uma comuna com menos de 80 mil habitantes, o que aparentemente não é pouca coisa no país, já que ela é a comuna mais populosa da Suíça central (oi?!!). Ela é considerada uma das cidades mais lindas do país, mas como só tivemos algumas horas por lá no final da tarde (a maior parte do dia foi dedicada a subir o Pilatus!) concentramos no basicão: andar pelas margens do rio, cruzar as pontes, observar as pracinhas e a arquitetura da cidade!

DSC_0030 DSC_0033 DSC_0061DSC_0135

A Kapellbrücke (literalmente Ponte da Capela, em alemão) é a ponte coberta mais antiga da Europa e segundo o guia turístico é a única ponte sobrevivente em tooooodo o mundo construída com essa estrutura de “triângulos”, e claro que isso a torna o principal cartão postal de Luzern. Como se isso tudo não bastasse, a ponte ainda é feita totalmente de madeira e está de pé desde 1333! Mesmo com o incêndio que a atingiu em 1993, ainda é possível ver alguns dos painéis que decoram seu interior contanto a história da cidade.

DSC_0243DSC_0224DSC_0206

Ao lado da Kapellbrücke fica a Wasserturm (impossível decorar ou falar esses nomes! ahaha), literalmente Torre d’Água, essa casinha aí que através dos séculos já foi utilizada como prisão, câmara de tortura, arquivo municipal, torre de observação e tudo o mais que você imaginar.

DSC_0102DSC_0094

Eu me empolguei e só queria saber de ficar cruzando o Reuss de uma ponte pra outra e tirando fotos com as montanhas ao fundo. Quando finalmente cansei da brincadeira (e depois de um Burger King na estação de trem #economias), lá fomos nós novamente se perder pelas ruelas de Luzern e tirar fotos compulsivamente dos edifícios da cidade!

DSC_0109 DSC_0114 DSC_0120

E aí chegamos na Hofkirche, uma das igrejas mais importantes de Luzern junto com a Jesuitenkirche, que aparece ao lado da ponte principal e da torre d’água. A essa altura já estava praticamente escuro, todas as lojas fechadas (impressionante como tudo fecha cedo lá! Queria achar alguma loja de souvenir ou qualquer coisa, mas às 5 da tarde já não encontramos nada aberto..), então fomos voltando novamente para dar uma última olhada nas margens do rio Reuss.

DSC_0154 DSC_0156DSC_0196O Centro de Convenções e Cultura (KKL) de Luzern, e na foto abaixo dá pra ver o monte Pilatus ao fundo!

DSC_0180DSC_0192DSC_0254Reuss à noite com a Jesuitenkirche iluminada

Definitivamente mais uma cidade conhecida que deixou um gostinho de quero mais, e com certeza vale a pena voltar. <3

* Um extra que não sabia como incluir no post xD muita atenção quando for pesquisar preço das passagens de trem na Suíça! O site oficial não é assim a coisa mais “honesta” desse mundo e mostra o menor preço possível (ou seja, desconto para estudantes, idosos etc) para o trajeto em questão. Então acabamos chegando na estação pra comprar a passagem pra Luzern pensando que custava X, e obviamente era o dobro porque o maldito site só mostra o preço correto quando você está no carrinho fechando a compra. Pois é, a Suíça sempre arruma um jeito de ficar com mais uns dinheiros de quem passa por lá, o que pra tristeza do meu saldo bancário não diminui minha vontade de voltar (começando a juntar as moedas djá!)

12/05/14

RELATED POSTS