Weihnachtsmarkt: os mercados de natal de Colônia!

Mercados de natal em Colônia, Alemanha

Clique para salvar o post no Pinterest!

Eu queria porque queria visitar um autêntico mercado de natal em dezembro, e depois de muito pesquisar sobre as diversas opções de cidades/países e ver várias fotos cheguei à conclusão que queria visitar… Todos. Apenas ahahaha. Acabei escolhendo Colônia porque era a passagem mais barata (claro!) e depois de visitar dois mercados por lá a vontade de fazer uma peregrinação por mercados de natal europeus só aumentou..

Pode virar uma meta de vida visitar um diferente a cada inverno? Aceito companhia de viagem se o mercado em questão for na Alemanha e Nic fugir antes do embarque ahaha :-)

O coitado ficou chocado quando chegamos na cidade e eu comecei a circular os mercados de natal no mapa – Colônia tem nada mais nada menos que sete Weihnachtsmarkt! (Sim, esse palavrão com cara de trava língua é como os alemães chamam o bom e velho mercado de natal.) Antes que ele tivesse um enfarto entramos num acordo de visitar uns 4, mas como não fizemos nada no domingo acabamos vendo só dois (mais aquele sem graça perto do Museu do Chocolate).

DSC_0302DSC_0102DSC_0086DSC_0105Criança feliz entrando no mercado dos gnomos!

Mas em compensação foram visitas muito bem aproveitadas! Deu pra ver durante o dia e durante a noite, provar comezinhas (fondue! Nhammmm!), passar na frente de todas as barracas e observar cada detalhe da decoração sem pressa – saí da cidade super feliz mesmo sem ter visto todos-os-mercados-existentes-aqui-e-agora e isso o que importa né?

DSC_0138

Uma coisa importante pra ficar de olho são as datas, apesar dos mercados inaugurarem mais ou menos no mesmo período em todos os países (última semana de novembro), os alemães já são desmontados dia 23/24 de dezembro, enquanto o Winter Wonderland em Londres vai até perto de 10 de janeiro, por exemplo. Pegamos o último final de semana dos mercados em Colônia e acho que por isso estavam ainda mais lotados! Quando foi ficando de tardinha eu tava me sentindo parte de um rebanho ahahah não tinha como andar ou comprar nada, fila pra comer, fila pra entrar, fila pra sair..

DSC_0313DSC_0261

Mas tudo fica tão lindo com as luzes acesas que vale a pena!!! ahaha #masoquista

DSC_0353

Cada um dos sete mercados de Colônia tem sua história e peculiaridades, que se refletem na decoração e barracas disponíveis. Mas em todos eles pode ter certeza que você vai encontrar sabonetes artesanais, velas, coisinhas de madeira, cadernos com capa de couro, enfeites de natal (bem menos do que eu imaginei :( #todoschora), castanhas assadas, salsichas gigaaaantes e muito, muito quentão!

DSC_0134DSC_0143

Que eu por sinal o-dei-o, precisa estar muito frio pra encarar o tal Glühwein e não consigo tomar mais que um gole ahahah como as pessoas bebem litros daquilo eu nunca entenderei!!

O primeiro mercado que visitamos foi o maior e mais tradicional da cidade, no meio da Altstadt. O “Heimat der Heinzel”, ou Casa dos Gnomos começa na frente da prefeitura (Rathaus) e se espalha pela praça do antigo mercado da cidade (Alter Markt) descendo a rua até a praça vizinha (Heumarkt).

DSC_0148DSC_0067

Reza a lenda que antigamente os gnomos eram empregados domésticos (oi?) e faziam todo tipo de serviço em Colônia: preparavam as salsichas, assavam os pães, costuravam roupas e consertavam sapatos. Por conta disso o mercado é cheio de gnomos na decoração e todas as ruelas tem um tema diferente, mostrando as atividades que eles faziam em suas guildas. Esse mercado é muito, muito lindo e a cada canto que você vira tem um detalhe diferente..

DSC_0097DSC_0135

E além de todas lojinhas e barracas de comida e bebida, espalhadas nas duas praças do mercado ainda estão várias atrações pra crianças como carrossel, fantoche, a casa do Papai Noel etc. E pra quem já cresceu, também tem cabine de après ski com um bar quentinho lá dentro e pista de patinação (absurdamente barata quando comparada aos preços de Londres)!

DSC_0100DSC_0074IMG_3207

Tem até um espaço de gelo separado especialmente pra quem quer jogar Eisstockschiessen (só se você conseguir falar! ahahah), um esporte tipo curling – que eu também não entendo patavinas pra onde vai.

As casinhas antigas no coração da Altstadt, o cheiro de castanhas e salsichas assando, o barulho das crianças brincando, os casais patinando no gelo.. Eu poderia ficar o dia todo num mercado de natal!!

DSC_0095DSC_0126

O outro mercado que explorei como a palma da minha mão foi o Weihnachtsmarkt am Kölner Dom, o mais icônico da cidade. Também pudera, como o nome entrega esse é o mercado que fica bem ao lado da Catedral de Colônia e onde 99,999% dos turistas estão.

DSC_0162DSC_0269

Mais de 160 barracas são montadas ao redor de um pinheiro enorme – dizem que é o mais alto no oeste da Alemanha -, de onde saem centenas (milhares?) de fios iluminados formando uma tenda gigante. Se não me engano também tem um carrossel nesse mercado, mas ele não é assim tão focado nas crianças não..

DSC_0247DSC_0271

E também tem um palco onde toda noite bandas natalinas e artistas se apresentam!

DSC_0299DSC_0303

Uma coisa que me incomoda um pouco nos mercados de natal é como todos eles parecem vender as mesmas coisas – inclusive o Winter Wonderland em Londres, que se inspirou tanto nos mercados germânicos que a única coisa diferente que achei pra comprar nos de Colônia foram as comidas. Queijos da região, biscoitos, bolos natalinos etc, mas os cacarecos e presentes eram basicamente a mesma coisa: artesanato em vidro, cerâmica, sabonetes, velas, cadernos de couro e acessórios de feltro ad aeternum..

DSC_0255DSC_0253

Dentre todos os stands dos dois mercados só achei DOIS (que tinham as mesmas coisas! ahaha) vendendo enfeites pra árvore de natal mais diferentosos. O resto eram bolas e anjinhos normais sabe? Nada que remetesse muito à cidade ou fosse artesanato típico, achei que ia ser barbada mas foi difícil achar um enfeite pra minha árvore.

DSC_0279IMG_3225Mercado lotando!

Mas em compensação arrumei outra coisa pra colecionar: canecas de Glüwein!! As barracas de vinho quente funcionam num sistema de aluguel, pagamos se não me engano 4 euros por uma caneca de quentão, que você depois pode devolver (e receber de volta a metade do valor) ou levar pra casa.

E como cada um dos mercados tem suas peculiaridades, cada mercado também tinha um formato diferente de caneca decorada no “tema natalino” da vez. Fujo do vinho quente como o diabo foge da cruz, mas agora faço questão da caneca! :D

Para ver mais fotos (não consigo me controlar e não colocar um milhão aqui, socorrooooo!!! ahahah) 

DSC_0157DSC_0076DSC_0078IMG_3267DSC_0146DSC_0112DSC_0122DSC_0116DSC_0324DSC_0328DSC_0249IMG_3224DSC_0363IMG_3273DSC_0308

RELATED POSTS