Lambeth Palace, a residência do Arcebispo de Canterbury

IMG_1033

Outra atração que aproveitamos pra conhecer durante o Open House London em setembro foi o Lambeth Palace, que na verdade estava nos meus planos há muuuuito tempo porque moramos praticamente do lado! Desde que nos mudamos pro apartamento novo (que já não é mais novo, fez 1 ano que mudamos no começo de Novembro!) eu passo pelo Lambeth Palace todo santo dia e já tinha tirado mil fotos, em todos os horários do dia e com todas as luzes do pôr-do-sol ao longo do ano.

Mas como ainda não tinha conhecido o lugar por dentro, corri pra agendar nosso ingresso assim que eles ficaram disponíveis no site do Open House! O passeio é um daqueles que só acontece num tour fechado, mas nem precisava: o palácio é tão desconhecido dos turistas (mesmo estando na margem oposta ao Parlamento!) que duvido que tivesse uma fila grande se fosse acesso livre/por ordem de chegada. E azar dos turistas que esnobam o Lambeth Palace, porque o tour é muito interessante e o palácio é belíssimo – passando por fora não dá pra imaginar que tem TANTA história dentro daqueles muros e tanta coisa pra ver!

IMG_0722IMG_1018

Localizado na margem sul do Tâmisa, o Lambeth Palace tem sido a residência oficial do Arcebispo de Canterbury desde o século XII, quando foi comprado pelo arcebispo da época, Stephen Langton, que passou a utilizar o até então Solar Lambeth para guardar seus documentos e toda a papelada da igreja, e construiu uma casinha para ele ao lado do rio. Não se sabe muito sobre o que foi construído nessa época, mas sabe-se que no terreno também tinha uma capela no começo do século XIII, cuja cripta ainda encontra-se no Lambeth Palace homenageando Langton e é uma das mais antigas estruturas medievais de pé no Reino Unido. E por incrível que pareça, está em tão perfeito estado que é utilizada para momentos de adoração todo santo dia pelo clero anglicano.

DSC_0693Lambeth_Palce__painting_of_Mortons_Towerwith_view_across_River_Thames_to_Westminster_late_18th_century-2

Lambeth Palace no século XVIII (e o Tâmisa pertinho dele, antes de ser aterrado)

O Lambeth Palace também é a sede do ministério, onde são feitas as reuniões e eventos relacionados a Igreja Anglicana acontecem, e principalmente onde toda a equipe de assessores e administração trabalha diariamente (no tour a guia nos mostrou o escritório dele, muito engraçado ver aquela sala super antiga contrastando com os apetrechos da Apple do arcebispo ahaha) e sua família mora/se hospeda quando está em Londres.

DSC_0694
DSC_0696

Mas como quase tudo que é assim tão antigo, o complexo do Lambeth Palace foi sendo alterado, destruído e reconstruído ao longo dos séculos, e o que temos hoje é uma colcha de retalhos de diferentes períodos históricos e tendências arquitetônicas. O palácio não parou de ser atacado desde a Idade Média; depois durante a Revolta dos Camponeses o complexo foi invadido e o arcebispo da época capturado pelos rebeldes, e mais tarde assassinado; parte do palácio foi usada como prisão durante a Guerra Civil, e o coitado ainda foi bombardeado durante a Blitz alemã na Segunda Guerra Mundial.

DSC_0685DSC_0678

A última área a ser construida/reformada drasticamente é esse prédio da foto acima, projetado pelo arquiteto Edward Blore no século XIX, e também foi ele quem depois reformou o Buckingham Palace. O chamado Blore building é onde ficam a maior parte dos escritórios, e também a área residencial do palácio. Quando o tour acabou e estávamos saindo, uma menina da família do Arcebispo saiu lá da área residencial pra receber uma amiga, que tava chegando super empolgada com malinha e tudo pra um sleepover no Lambeth Palace! Tive inveja dessa festa do pijama, sim ou claro?

DSC_0711DSC_0709DSC_0707

Infelizmente fotos não são permitidas dentro do palácio, mas vale muuuuito a visita nem que seja só pra ver as salas imponentes, a coleção retratando todos os arcebispos (é uma aula de história da arte, e adoro como a pintura do atual Arcebispo é toda modernosa!), a capela com o afresco mais exótico que já vi, de 1988, que narra fatos importantes na história do palácio, e a área mais incrível na minha opinião: o contraste do átrio reformado nos anos 2000, completamente moderno com direito a telhado de vidro, e as estruturas ao seu redor do século XIII.

Além disso tudo, o Lambeth Palace também abriga a biblioteca mais importante para a Igreja Anglicana, dentro do Salão Principal que foi alvo de tantos ataques e reformas.. E que infelizmente não pudemos visitar por causa de mais uma reforma, que vai até agosto de 2015.

DSC_0681

Pra quem gosta de história de arquitetura, vale a pena ficar de olho nas datas dos tours e visitar o Lambeth Palace! A visita dura 1 hora e meia, os ingressos podem ser comprados direto no site do Ticketmaster e custam em torno de £15.

DSC_0716

RELATED POSTS