Um natal (quase) londrino

Eu andava meio desanimada pensando em toda a preparação pra ceia de natal, já que os únicos aqui em casa seriam eu e Nic.. Imagina todo aquele trabalho, cozinhar os pratos diferentes, assar um peru, fazer as sobremesas, petiscos etc, só pra duas pessoas?! Fora que nunca dá vontade de se arrumar quando só vamos passar a noite no sofá.. Mas ainda bem que umas semanas antes a Karine nos salvou e fomos passar a véspera de natal na casa dela.

IMG_3318A mesa muito phyna com arranjo e tudo

Sim, porque por aqui a noite do dia 24 é uma noite como outra qualquer, as pessoas jantam qualquer coisa e vão dormir cedo pra se preparar pro natal do dia 25 (e as hooooras na cozinha terminando o peru). Aí sim tem direito a ceia, visitas, presentes e tudo o que temos direito, massssss somos brasileiras e ADOREI comemorar “no dia certo” ehehh

E olha, como foi legal! Achei que ia ficar meio “bla” por não ter ninguém da família aqui – ano passado meu irmão passou o natal com a gente e foi ótimo fazer a ceia e aquela coisa toda – mas, a família que me desculpe, foi tão especial quanto!

IMG_333310877968_10205592257424360_1094611013_nCeia internacional: Brasil, Sérvia, Croácia e Bélgica (e uma ceia deliciosa!)

E acho que já tá na hora de aprender a lidar de fato com a distância. Já estou aqui há 2 anos, pretendo ficar ~pra sempre~ então não faz sentido algum carregar essa pontadinha no coração em todas as datas especiais porque estou longe né? Senão como vai ser a vida, pra sempre com aquela sensação de “podia ser melhor” e sem aproveitar as ocasiões completamente porque tem alguém faltando? Não dá..

IMG_3340

Então quero continuar agindo daqui pra frente exatamente como foi nessa noite de natal, aproveitando e ficando 100% feliz com o que estiver à minha disposição. Se é natal com a família (espero que ano que vem role!), ótimo, mas se é natal com amigos ou até mesmo só com o namorado, maravilhoso também. A vida é feita de escolhas e a minha foi vir morar aqui, então simbora comemorar sem choramingos!

E jogar conversa fora, bebemorar, comer horrores.. Tudo estava tão delicioso que tô me arrependendo de não ter comido (ainda) mais. Com direito a salpicão, farofa, peru e sobremesas dooooooces de doer os dentes, como manda a tradição brasileira! E sem piada do pavê, ai que saudade dessas breguices gente ahahah

10888285_10205592257504362_158379066_n

Muuuuito obrigada de novo  e Lazar! Um ano temos que fazer o natal brasileiro aqui em casa e espero ser uma host tão boa e atenciosa como vocês foram :D

Eeeeee ao chegar em casa, como já passava da meia-noite.. It’s gift time! Nicolas não aceita abrir os presentes no dia 24, em casa de culturas diferentes a gente tem que dividir as tradições – ceia na noite do dia 24 e presentes no dia 25, como é na Bélgica e aqui pela Europa. Desculpa quem é completamente desapegado de tudo e nem gosta de ganhar presente, mas por aqui adoramos!

DSC_0375IMG_3378

Inclusive tô perdendo ele pra os presentes que dei, umas parafernálias tecnológicas pra programar que não sei nem pra onde vão, mas que ele não larga mais. E agora é aproveitar os últimos dias do recesso e esperar 2015 vir com tudo!

RELATED POSTS