O jardim é secreto e as brasileiras são neuróticas

JardimSecreto

Duvido que exista uma leitora assídua de blogs femininos e frequentadora do Instagram, Facebook e demais redes sociais da vida que ainda não tenha ouvido falar nos livros de colorir para adultos. A febre começou com o Jardim Secreto e seu irmão mais novo Floresta Encantada, ambos da ilustradora escocesa Johanna Basford, num desses fenômenos que surgem do nada e ninguém sabe de onde veio nem para onde vai.

Até aqui em Londres eles também estão muito famosos, mas nada se compara à movimentação que esses livros estão fazendo no Brasil. Já são semanas encabeçando a lista do mais vendidos, um monte de similares com mandalas, animais e até artes pornô sendo lançados pra pegar o bonde, lápis de cor vendendo mais que água no deserto, grupos e mais grupos no Facebook (onde as mulheres se chamam de jardineiras e floristas o_o) e perfis no Instagram dedicados ao tema. E, como tudo nessa vida, um exército reclamando dos livros (hã?) e um maior ainda defendendo.

Jardim SecretoTem o boy mas só eu pinto – dei o Animal Kingdom pra ele e é bem legal! :-)

É até meio imbecil ter que afirmar que sou a favor dos livros pra não ser apedrejada (o que poderia ter de errado num livro de colorir?), tenho amado pintar o meu enquanto assisto Grey’s Anatomy ou relaxo antes de dormir :-) De vez em quando coloco alguma foto no Instagram e fico chocada que são as que tem mais curtidas e comentários, dá pra ver como tem gente checando a hashtag #jardimsecreto.

Mas enfim, desde a primeira vez que coloquei foto lá apareceram comentários perguntando qual material eu uso*, de qual marca, se tem alguma técnica, preocupadas se mancha a página etc e fiquei pensando cá com meus botões: “relaxa menina, é só um livro de colorir”

CFFoL-oWIAAjiGYEsse post maravilhoso no Face foi a gota d’água que me fez escrever sobre isso!

Mal sabia eu que isso é só o átomo de cima da ponta do iceberg, já que não acompanhava nenhum perfil/grupo dedicado ao tema eu estava por fora do tanto de atitudes, me desculpem, neuróticas que esse livro está causando. Da noite pro dia mulheres adultas estão se comportando pior que criança no maternal, xingando quem pinta de canetinha de farsa (???), brigando na loja pela última caixa de lápis de cor, salvando o desenho dos outros pra postar como seu (!!!) e uma busca de aprovação tão louca que faz todo mundo chorar as pitangas nas redes sociais reclamando  do próprio desenho só pra ouvir elogios.

Ah, isso sem contar nos posts ostentação mostrando 1638167 materiais profissionais caríssimos pra pintura (tem gente pagando MIL E SETECENTOS REAIS em conjunto de lápis de cor!), caixas e mais caixas de hidrocor com tons praticamente iguais porque a pessoa PRE-CI-SA ter aquele tom de azul senão sua vida não será completa. Parem o mundo que eu quero descer!

JardimSecreto

E gente, sério mesmo? É sério que além de ter que se preocupar com o trabalho, deixar a casa habitável, cuidar dos filhos, passar tempo com o marido e todas as neuras de dieta, cabelo, unhas, celulite, depilação e gorduras localizadas vocês vão me arranjar mais uma coisa pra se estressar? Depois de todo mundo endoidar o cabeção, comprar toneladas de maquiagem e 257 vidros de esmalte que estragam antes que você possa usar 1/3 do frasco, se endividar pra comprar as bolsas que as blogueiras de moda usam e o diabo a quatro, vocês agora vão estourar o cartão com lápis de cor?

Se estressar porque não conseguem dominar a pintura aquarelada, o sombreado perfeito ou o que quer que seja, ou então rasgar o livro porque o fundo de um desenho saiu feio? Ou então ficar triste porque não pode comprar a caixa de lápis de cor de centenas de reais? E pior, por uma porra de um livro de colorir que era pra ser algo relaxante e a expressão da individualidade de cada um?? O_O Desculpa, mas se isso não é falta de uma trouxa de roupa pra lavar eu não sei o que é.

E conselho bem sincero de amiga, se a tua auto estima está tão baixa que você precisa copiar o desenho da coleguinha e postar como teu pra que todo mundo te ame (???), você não precisa de livro de colorir. Pega o dinheiro dos Caran D’Ache e paga uma terapia que vai ser melhor. Juro.

JardimSecreto

*Como eu gosto das cores bem fortes tô usando umas canetinhas da Stabilo e Staedtler que estavam encalhadas desde que terminei a faculdade de moda (se fosse só pra pintar o livro e eu morasse no Brasil, compraria qualquer hidrocor baratinho mesmo). Ah, e as cores mais escuras passam sim pra página de trás mas não me importo, prefiro pintar do meu jeito mesmo que isso signifique uma manchinha aqui e outra ali (ou que perca alguns desenhos do verso).

RELATED POSTS