Momento fã: tour pelos estúdios de Harry Potter!

IMG_8171

Um dos passeios que eu mais estava aguardando fazer quando meu irmão veio nos visitar era o tour pelos estúdios de Harry Potter. A atração abriu em março de 2012 (lembro que vim à Londres nessa época pra visitar o namorado e ficava LOUCA vendo os ônibus enfeitados para o lançamento), e mesmo morando aqui há quase um ano e tendo recebido visita da amiga que fez o passeio enquanto eu trabalhava, eu ainda não tinha conseguido ir.

IMG_8187

Comprei os ingressos com meeeeses de antecedência (a atração é bem concorrida, principalmente se você quiser ir num final de semana!) e num sábado pela manha pegamos o trem para Watford Junction, a mais ou menos 30km de Londres. Os trens saem de London Euston com uma frequência absurda, mas alguns levam mais tempo para chegar em Watford então é bom prestar atenção na duração – o modo mais rápido dura apenas 20 minutos e custa em torno de £11 por um return ticket.

IMG_8204

Recomendo pegar o trem em Euston pelo menos 1h antes do horário marcado para a entrada no tour, chegamos um pouco atrasados e não tivemos problema, mas nunca se sabe né? Chegando lá é só esperar pelo ônibus do tour na parada em frente a estação – a que estiver cheia de gente animada ou fantasiada, claro – e ai são apenas mais 15 minutinhos num double decker totalmente decorado e pottermaníaco (£2 pela ida/volta) para chegar nos estúdios em Leavesden :)

Pausa pro momento confissão: quando eu era mais nova, descobri em algum site o "endereço de Daniel Radcliffe", que na verdade era o endereço dos estúdios em Leavesden e cheguei a mandar 2 cartas pra la (que foram respondidas! Morri ahaha!). Foi muuuito legal visitar o lugar que antes era apenas um mundo imaginário e um nome aleatório na minha cabeça, onde tudo aquilo aconteceu e de onde saíram as cartas supostamente assinadas por Daniel Radcliffe que guardo até hoje.

IMG_8211

O ingresso não pode ser comprado no local (e se você for dirigindo, por exemplo, nem vai conseguir passar dos primeiros portões porque eles inspecionam mesmo), detalhe importantíssimo que ninguém pode esquecer. Pagamos £29 pelo ingresso de adulto, que agora está £30 – preço bem salgado principalmente quando converte pro real, mas na nossa opinião valeu muito a pena. Uma empresa parceira da Warner também oferece o transporte a partir do centro de Londres, mas não achei nem um pouco necessário: leva mais tempo, afinal todo o trajeto é feito de ônibus, e é ainda mais caro (£59 pelo pacote ingresso + transporte).

IMG_8218

Agora vamos falar da parte boa – o tão esperado tour! Tenho certeza que não vou conseguir me controlar e vou encher esse post de fotos, mas tentarei não falar demais pra não diminuir a surpresa de quem for visitar. O tour já começa emocionante na entrada, onde está montado o quarto de Harry no armário sob a escada, com os óculos a vista como se a qualquer momento ele fosse aparecer na porta pra dar um oi. De lá seguimos para um mini cinema, onde os produtores explicam como tudo começou, quem leu o livro primeiro e pensou “epa, isso aqui precisa virar filme”, e como não podia deixar de ser, o trio Daniel, Emma e Rupert conta um pouco sobre como foi trabalhar, estudar, brincar e basicamente crescer ali.

E aí tem o primeiro momento “awwwnnn” do tour: o salão de Hogwarts, que tem um pouco do Great Hall da Christ Church que já visitamos em Oxford e ainda mais maravilhoso ao vivo do que nos filmes. De acordo com a época do ano eles alteram algumas coisas (mais um motivo pra ir de novo ehehe), e no nosso caso foi muito lindo ver o salão preparado para o Natal como parte do Hogwarts in the Snow.

IMG_8227

IMG_8245

A riqueza de detalhes é tanta, que a cada canto que você olha tem algo que impressiona: o pijama de Harry na cama esperando por ele, os figurinos que nos deixam acompanhar o crescimento e o senso de estilo de cada um mudando (além de perceber como eles são baixinhos! eheh), a tapeçaria nas paredes, sempre bordada de acordo com o período em que o castelo foi supostamente decorado e com temática do universo bruxo, o ar de antigo que as peças têm etc etc etc.

IMG_8265IMG_8269IMG_8288

A coleção de objetos criados para os filmes parece que não acaba mais: varinhas, livros, caldeirões, taças, quadros pintados a óleo (em alguns as pessoas pintadas fazem parte da equipe dos filmes!), lunetas, bolas de cristal e uma série interminável de parafernálias que culmina com o telescópio do escritório de Dumbledore – um dos acessórios mais caros de toooodos os filmes, porque funciona de verdade! E o tour segue mostrando os diversos cenários, do Salão Comunal da Grifinória, passando pelo escritório de Dumbledore, a sala de aula de Poções, A Toca..

IMG_8320IMG_8305

Na cozinha da Toca dá pra ver como seria incrível a vida de uma dona de casa bruxa: as panelas se limpando sozinhas, as roupas sendo passadas pelo ferro mágico, os legumes sendo cortados pela faca encantada.. Sonho! Nesse grande salão onde estão dispostos a maioria dos cenários também tem umas atividades que os visitantes podem fazer, tipo tirar fotos montado numa vassoura no fundo verde e esse tipo de coisa que não nos interessou muito..

IMG_8340IMG_8350

IMG_8364

Mais ou menos no meio do tour chegamos num pátio onde tem a lojinha vendendo comida e onde é possível provar cerveja amanteigada! Eu estava morrendo de nojinho da ideia, mas gostei dela gelada. É beeeem doce, tipo uma mistura de milkshake bem líquido com calda de caramelo com algo não identificável, mas é gostosa (e não tem nada de alcoólico como a maior parte das pessoas já deve saber). Também é nessa área que estão o Knight Bus, a casa onde Harry morou com os Dursley e a casa semi-destruída dos Potter.

IMG_8409IMG_8421IMG_8435

O tour também tem umas partes mais técnicas, mostrando como se dá o efeito de profundidade, afinal não tem como construir um corredor suuuuuper longo, ocupando espaço e gastando muito dinheiro, se ele só vai ser usado uma ou duas vezes; os efeitos da maquiagem e como fazer os personagens envelhecerem; como eram controladas as criaturas tipo Bicuço, alem de tooooda papelaria que a equipe de design gráfico criou. Foram bilhetes, livros, jornais, panfletos, toda a identidade visual da loja e dos produtos dos Weasley, as revistas que apareciam por um segundo mas que eram completamente detalhadas e reais, e até mesmo os Cheeri Owls na cozinha d’A Toca.

IMG_8254IMG_8446IMG_8474IMG_8373IMG_8347

Isso sem falar no trabalho dos arquitetos e decoradores! Uma das salas mostra dezenas de plantas, cortes e fachadas – pra quem também já estudou arquitetura essa é uma parte incrível do tour. E dá medo pensar em fazer tudo aquilo em escala, com todas as medidas e especificações e zzzzz confirmei que arquitetura não é mesmo pra mim ahaha

IMG_8498IMG_8509

O Beco Diagonal é uma das partes mais bonitas do tour, principalmente por ser uma das únicas em que podemos entrar de verdade e ver tudo de perto, cheio de lojinhas com vitrines perfeitas que também foram utilizadas para criar Hogsmeade. Também é possível ver como a iluminação muda o ambiente, e durante o tour você vai poder vivenciar os cenários durante o dia e a noite, e até mesmo as alterações que faziam parecer que era inverno ou primavera.

IMG_8478IMG_8491

Só que nada, NADA vai te preparar para a perfeição que é a maquete de Hogwarts. Se é que se pode chamar algo tão grandioso e detalhado de uma mera maquete.. Utilizada para cenas externas e aéreas, a maquete do castelo apresenta tudo perfeitamente em escala (1:24 para quem quiser tentar em casa rs), com elementos reais: grama, folhas, pedras – e pasmem – foi erguida tijolo por tijolo. Ou mini-tijolo-menor-que-uma-unha-do-mindinho-do-pé-por-tijolo.

IMG_8525IMG_8532

Mais de 2.500 pontos de fibra ótica foram instalados no interior do castelo, para simular luzes acendendo e apagando, tochas, e até mesmo criar o efeito das sombras das pessoas andando pelos corredores (!!!), miniaturas de corujas estão repousando no Corujal, e sim, todas as portas são articuladas. Diz que se fossem somadas as horas de trabalho de todas as pessoas para construir/aperfeiçoar/reconstruir a maquete, o total seria mais de 74 a-n-o-s.

IMG_8627IMG_8535

E mais uma vez agradeci por ter ido no inverno: habemus neve \o/

Eu já tinha visto várias fotos do tour, já sabia que a tal surpresa no final seria o castelo, mas ainda assim meu queixo caiu, deu vontade de chorar e fiquei rodando sem parar observando cada detalhe por no mínimo meia hora. Praticamente tive que ser arrastada por Nicolas e pelo meu irmão, senão não saía dali nem tão cedo. A iluminação vai mudando em ciclos de 4 minutos para mostrar o castelo em todo o seu esplendor (e realmente dá pra ver os “vultos” passando pelas janelinhas! ahaha), e quando junta o lugar em que você está, com a iluminação, com a cara de choque das pessoas e com a bendita musica tocando.. É uma experiência inesquecível. Mesmo.

IMG_8666

O tour termina com um dos detalhes mais fofos: caixas e mais caixas de varinhas, uma para cada pessoa que trabalhou no filme, dos atores principais aos maquiadores, cinegrafistas, adestradores de animais (mais uma parte muito fofa do tour!) e equipe da cozinha. Sem dúvida nenhuma, o melhor programa de Londres se você é fã e cresceu com Harry Potter.

IMG_8668

“As histórias que amamos vivem em nós para sempre. Então quando você voltar, seja pelas páginas ou pelos filmes, Hogwarts estará sempre lá para recebê-lo em casa.”

Warner Bros. Studio Tour London
Adultos: £30 / crianças £22.50 (menores de 5 anos não pagam)
É necessário comprar os ingressos antecipadamente.

RELATED POSTS