Cirque du Soleil: Amaluna no Royal Albert Hall

CirqueduSoleil_Amaluna4

Janeiro não é um mês muito empolgante: faz frio, o natal e o ano novo já passaram, todo mundo tá voltando pro trabalho, com o saldo bancário negativo e tentando correr atras do prejuízo depois de 17462 confraternizações (leia-se: comilanças e bebedeiras). Então inventei uma tradição pra deixar a época um pouquinho menos sem graça: Cirque du Soleil!

Do meio de janeiro até o comecinho de março é época de Cirque du Soleil em Londres, sempre tem um espetáculo do grupo canadense em cartaz e decidimos que vamos fazer esse programa todo ano :-) Em 2015 assistimos ao Kooza e assim que os ingressos foram à venda pro show de 2016 já corremos pra garantir os nossos – recomendo se inscrever na newsletter do Royal Albert Hall porque os ingressos mais baratos e as melhores datas esgotam rápido!

CirqueduSoleil_Amaluna5Cirque du Soleil abriu as comemorações do nosso aniversário esse ano :-)

A temporada 2016 foi especial pro circo porque marca 20 anos de apresentações no Royal Albert Hall, a casa de espetáculos mais icônica de Londres. O RAH já chama a atenção por fora e dificilmente passa despercebido pelos turistas – ele fica bem ao lado do Hyde Park, de frente pro Albert Memorial – mas recomendo assistir a qualquer show lá dentro porque o interior consegue ser ainda mais lindo!

E recomendo chegar mais cedo pra jantar por lá, até hoje não conseguimos mas precisamos mudar isso porque os restaurantes parecem bem legais… Só conhecemos o bar Berry Bros. & Rudd mas fiquei com vontade de experimentar o italiano Verdi (bônus: os preços são bons pro centro de Londres).

CirqueduSoleil_Amaluna2CirqueduSoleil_Amaluna1Antes do show, um drink num dos vários bares do Royal Albert Hall!

E o que falar do Cirque du Soleil…? Mágico? Inacreditável? Me belisca que isso não pode ser de verdade? Eles conseguem cativar a audiência de um jeito tão louco que mesmo quando a música para não dá pra ouvir nem a platéia respirar.

O espetáculo que vimos esse ano, Amaluna, é o 33° do circo e em comparação com o Kooza que assistimos ano passado achamos que foi um pouco menos radical… Depois de assistir a um show do Cirque du Soleil o choque é tão grande que fica difícil se impressionar com alguma coisa, mesmo que seja outro show do Cirque du Soleil! ahaha

CirqueduSoleil_Amaluna6

Mas isso não quer dizer que o show não seja bom, muito pelo contrário, foi maravilhoso e iria de novo sem pensar duas vezes! Minha impressão é que as perfomances no Amaluna focam mais nos talentos individuais dos trapezistas, malabaristas, equilibristas etc, e não naquela coisa “todo mundo pulando ao mesmo tempo e você não sabe pra onde olha” sabe? Mas nem se preocupe que a principal característica de um espetáculo deles continua lá: sua boca vai ficar aberta durante show inteiro e em alguns trechos você vai se perguntar se aquele pessoal é mesmo humano (eu acho que não!) :-)

Como em todo show do Cirque du Soleil o Amaluna tem música ao vivo, com uma trilha sonora moderna e muito envolvente. E pra deixar o show mais especial o Amaluna ainda tem um detalhe incrível: o espetáculo foi pensado como um tributo à voz e aos talentos femininos, então a banda é toda formada por mulheres e 70% do elenco também é feminino!

CirqueduSoleil_Amaluna8

O Cirque du Soleil fechou a temporada Londres 2016 ontem e até julho vai apresentar Amaluna na Holanda, Alemanha e Bélgica – fica a dica pra quem estiver por lá! Agora é só esperar pra ver qual espetáculo chega em Londres em janeiro de 2017 :-)

RELATED POSTS